Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Grande Caminhada do Ventor

A Grande Caminhada do Ventor

milan.jpg

Tal como o milhafre vejo a minha Grande Caminhada de cima para baixo



Tudo começou aqui, em  Adrão, na serra de Soajo. No dia 06 de Janeio de 1946, dia de inverno, aquecido pelos raios do meu amigo Apolo, o mundo recebia de braços abertos a chegada dum puto que veio a fazer as suas caminhadas pelos trilhos que o Senhor da Esfera lhe estendeu neste Planeta Azul.


Techo_de_Altamira_(replica)-Museo_Arqueológico_Na

O tecto da Gruta de Altamira, onde mãos de milénios nos deixaram em pinturas estas belas mensagens visuais.


O Ventor saiu das trevas ... para caminhar entre as estrelas.

Ele sonha, caminhando, que as estrelas continuam a  brilhar no céu, que o nosso amigo Apolo ainda nos dá luz e que o nosso mundo continua a ser belo e a fazer pinturas.


Os Blogs do Ventor, do Quico e do Pilantras


Adrão e o Ventor
Caminhando por aí
Ventor e a África
O Cantinho do Ventor
Planeta Azul
Observar o Passado
A Arrelia do Quico
Os Amigos do Quico
Fotoblog do Quico
Fotoblog do Ventor
Fotoblog de Flores
Rádio Ventor
Pilantras com o Ventor
Fotoblog do Pilantras
Montanhas Lindas
Os Filhos do Sol
As Belezas do Ventor
Ventor entre as Flores


Novos posts nos meus Sites

 

Não desanimem. Vamos lá! Último post nas caminhadas do Ventor - Sair de Casa

Mais um post, nos Filhos do Sol, sobre a vespa asiática, em Mafra. Bichinho terrível - Outra vez a Vespa Asiática

26.05.12

Granada


Ventor e Quico

Um pedaço de mundo, na Grande Caminhada do Ventor.

Reflexões sobre Granada, cidade Andaluz, Espanha, com fotos da minha amiga Wiki e vídeos do Youtube.

Granada cantada pelos Três Tenores

Granada é uma cidade espanhola da Andaluzia, capital da Provícia com o mesmo nome e calculam, os experts, ser uma zona habitada desde os tempos dos iberos, desde o séc. VIII A.C., embora tivessem sido descobertas muralhas defensivas, também, segundo os experts, desde o sé. VI A.C. Sendo assim, temos de admitir que esse local terá sido ocupado por povos ibéricos, pelo menos, desde essas datas.

Os romanos chamaram a essa localidade, Iliberis e fez parte do reino visigodo de Toledo até à tomada de grande parte da Península Ibérica, a partir de 711 D.C. data da invasão muçulmana.

Alhambra, uma beleza do nosso mundo, na bela Granada

Após a conquista da localidade existente, na sequência da invasão de 711 D.C., as forças árabes de Tarik, passaram a chamar-lhe Ilibira ou Elvira. No sé. XI (1013), três séculos depois da conquista, os árabes transferiram a capital de Medina Elvira (veio a ser Albacín e Alcazaba) para Medina Garnata (Medina Granada), em 1013. (Estas localidades situam-se geograficamente entre 700 a 800 mt de altitude).

Para além dos progressos da cidade de Granada no âmbito cultural, levado a cabo pela influência das três grandes civilizações, Muçulmanos, Judeus e Cristãos, ela foi uma pérola no mundo ibérico, do qual passou a fazer parte total, desde 1492, quando foi tomada pelos reis católicos, Isabel de Castela e Fernando de Aragão que comandaram forças poderosas, constituídas pelo exército espanhol e por mercenários provindos de várias países europeus, especilamente ingleses e suissos, entre outros.

 
Arco de Elvira
 
O arco de Elvira, o primeiro local que, segundo dizem os experts, foi o primeiro a ser ocupado pelos povos ibéricos, bem antes dos romanos e a que os romanos deram o nome de Iliberis.
Antes da chegada dos árabes à Penísnsula Ibérica, existiam no local que é a Granada de hoje, três povoados com os nomes de Iliberis onde mais tarde, no tempo dos árabes vieram a existir o Albaicín e Alcazaba que foi rodeada por muralhas.
Na colina frente a Alcazaba ficava o bairro de Iliberis - Garnata.
Existia também o povoado de Castilla a cerca d 10 kms, aproximadamente.
Uma das características de influência árabe no bairro de Albaicín, foi o fornecimento de água potável através de poços, que parece ainda existirem alguns, ainda hoje.
 
 
Alhambra e Albaicín
 
Vista de Albaicín, o Bairro Árabe com origem na velha localidade de Elvira, a Iliberis romana.
 
 
Muralha Ziri
 
A muralha de Ziri é uma muralha que tinha por objectivo a defesa da cidade de Granada.
 
 
Alhambra vista desde o bairro de Albaicín à noite.
 
 
Vista panorâmica da cidade de Granada da autoria de Citizen59, foto da Wikipédia. Este archivo se encuentra bajo la licencia Creative Commons Genérica de Atribución/Compartir-Igual 3.0
Uma visão da cidade de Granada, vista desde o Alhambra
 
Um dia, partimos da Amadora rumo a terras de Espanha. Mais uma vez, com mais uma bela passagem pela linda cidade de Córdoba, outra das pérolas de influência árabe em teras de All-Andaluz.
Porém, desta vez, não tinhamos tempo para perder, mais uma vez, a apreciar a sua bela Mesquita, porque estava fechada e rumamos para a bela cidade de Granada com o objectivo de observarmos o lindo Alhambra e a bela sierra Nevada.
Só saberei em que ano foi quando encontrar as minhas fotos. Já tinha havido uma outra vez que não deu para apreciar o belo Alhambra, passamos à margem mas, desta vez, num ano de algures, também esteve por um fio, devido ao calor. Por isso, tínhamos dois pontos fundamentais em conta: "o tempo de fila na bilheteira e o calor que se adivinhava". A fila tornou-se longa mas estava célere e o calor logo se via. Para mim foi o mais belo tempo que passei por terras de Espanha, nesse dia, por Alhambra, comparável com outros monumentos, estes naturais, os Picos da Europa. Granada é um monumento feito pelas mãos dos homens e os Picos da Europa, feitos pelas mãos de Deus.
 

 
Um vídeo do Youtube que nos mostra algumas das maravilhas do Alhambra e da bela cidade de Granada, bem como algumas vistas da linda sierra Nevada
 
Voltarei a falar, por aqui, da bela cidade de Granada e do belo Alhambra.

O Ventor, saído da escuridão para a Luz iniciou a sua Grande Caminhada no Planeta Azul . Foi sob o Tecto do seu amigo Apolo que aprendeu a conhecer os seus amigos, ... o porco e todos os outros